Faculdade de Tecnologia do Colégio Bandeirantes

Bancos tentam se blindar contra ataques de hackers

Postado por Equipe BandTec

Tags: Segurança Cibernética

O grupo de hackers Anonymous anunciou na segunda-feira (30/1) que faria durante a semana vários ataques às páginas de bancos. O primeiro alvo do grupo foi o Itaú, seguido nesta terça-feira pelo Bradesco

. Leonardo Bonomi, diretor de suporte e serviços da Trend Micro, explica que o grupo coordena um número grande de acessos ao mesmo tempo. “Esse já é um tipo de ataque conhecido. Nessa ação milhões ou até mesmo bilhões de acessos são feitos ao mesmo tempo ao site, o que faz com a página fique fora do ar.” A ação já é conhecida dos brasileiros, sendo a mesma utilizada nos ataques feitos aos sites do governo em junho. O executivo da Trend Micro, empresa que oferece tecnologias de segurança para bancos, garante que nesses ataques não ocorrem o roubo das informações.

“É bastante improvável que isso aconteça, os dados estão sempre protegidos. Caso um cliente esteja utilizando o serviço e a página fique fora do ar, a operação é cancelada na hora.” Na opinião de Sandro Melo, coordenador do curso de redes de computadores da BandTec, os bancos devem trabalhar em parceria com as operadoras de internet. “Os trabalhos terão que ser coordenados de forma a desviar o grande fluxo de acesso, o que acaba fechando o tráfego.”

E foi essa a estratégia que o Bradesco utilizou. Durante coletiva para falar sobre os resultados financeiros, Aurélio Conrado Boni, vice-presidente da instituição, explicou que o Bradesco possui um software onde é feito o monitoramento dos acessos. “Quando percebemos um número elevado de um só endereço conseguimos bloquear. Trabalhamos com três operadoras, e se percebemos um grande fluxo vindo de uma delas, também conseguimos fazer o controle.”

O site do Bradesco apresentou lentidão na manhã desta terça-feira. Boni ainda revelou que são feitas 5 milhões de transações por dia via internet. Sem revelar valores, o executivo disse que a página costuma operar com 42% da sua capacidade total, e que em nenhum momento a instituição foi informada sobre um possível ataque.

A promessa do grupo de hackers Anonymous é que mais sites sejam afetados durante a semana. Diante desse risco, o Santander já busca formas de se proteger. “Desde a semana passada estamos protegidos contra esses ataques”, disse Marcial Portela, presidente do Santander, acrescentando que na semana passada já havia a informação de ataques dessa natureza contra o site da instituição financeira.

Fonte: Brasil Econômico

Equipe BandTec

Equipe de publicações da Bandtec Digital School


Nova chamada à ação

          

Cursos Graduação

Cursos Graduação BandTec

Os cursos são práticos, com ênfase em atividades de laboratório, estudos de casos e projetos, que fazem parte do dia a dia das empresas.

Veja os cursos:

Cursos Pós-Graduação

BandTec-pos-graduacao

As especializações visam uma formação completa voltada à empregabilidade de seus alunos. assim, incluem a abordagem de questões técnicas, mas também uma ampla visão de negócios e troca de vivências profissionais.

Veja os cursos: